Corredor Cultural da AEDB tem exposição sobre o poeta Luiz Pistarini

E eu te vejo, também Itatiaya grandioso!

E eu te escuto, também, os suaves murmúrios,

Ó Parahyba, rio imenso e caudaloso,

Onde retumba e tomba um aluvião de rios!

(Luiz Pistarini – 1877/1918)

 

Como parte das comemorações do Dia do Profissional de Letras, celebrado no dia 21 de maio, foi inaugurada, no Corredor Cultural Prof. Cecil Wall Barbosa, a exposição “Resende no Tempo de Pistarini”, sobre o grande poeta resendense Luiz Pistarini, cujo centenário de morte transcorre este ano.  A exposição foi programada pelos alunos do 3º ano de Letras, orientados pela coordenadora do curso, Profª. Érica Duarte.

Cedida pela Fundação Casa da Cultura Macedo Miranda, a mostra sobre Pistarini ficará exposta no Corredor Cultural até o dia 29 de junho, de segunda a sexta-feira, no horário de 8h às 22h.

 

Poeta e jornalista

Poeta lírico e amargurado, Luiz Pistarini já escrevia seus primeiros versos, aos 14 anos. Seu livro de estreia, “Bandolim”, reúne sua obra poética produzida dos 14 aos 18 anos. Além deste livro, publicou ainda “De Luto”, “Sombrinhas e Postais” e “Agonias e Ressurreições”.

Revelou, também, sua veia jornalística, trabalhando como redator na imprensa do Rio de Janeiro, por um período de sua vida, quando pôde conviver com grandes poetas e escritores da época, entre eles Olavo Bilac.

Poeta resendense que mais se destacou nos meios literários do Rio e de São Paulo, Pistarini faleceu aos 41 anos, no dia 24 de fevereiro de 1918, deixando uma filha, Lais.

https://www.flickr.com/photos/faculdadesdombosco/albums/72157668044286717